Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Diálogos I - da Polis

por Nuno Edgar Fernandes, em 16.06.14
...... e foi assim que tinha decorrido até então um diálogo entre Filósofo e o Autor fundador de O Ultimato.....:

 

 

 

Raphael School of Athens Michelangelo.jpg

 

 


"Raphael School of Athens Michelangelo" by Raphael - wiki commons. Licensed under Public domain via Wikimedia Commons.

 

 

Heraclito (H): ... mas pois então caro interlocutor e prezado companheiro de Diálogo, és então privado com uma visão da Polis que naturalmente separa os diversos Poderes Políticos em três, a saber: o Legislativo, o Judicial e o Executivo....?

 

Nuno Edgar Fernandes (NEF): Pois então caro Heraclito, é essa a minha posição. Como sabemos e raramente disputamos, vivemos em regimes de separação de Poderes Políticos que tradicionalmente identificamos como três: Legislativo ou Parlamentar, Judicial e Executivo. Gostaria de identificar a Polis como pertença do Poder Legislativo e/ou Parlamentar (e á qual possamos adicionar instituições da Sociedade Civil e Partidos Políticos). Ao Estado está normalmente reservado, e naquilo que se espera ser harmonia institucional, ambos os Poderes Judicial e Executivo. Penso ser significativo sublinhar a necessidade de desejável harmonia institucional entre os Poderes Judicial e Executivo. 

 

H: O que pensa o meu caro sobre a necessidade de um maior escrutínio dos diversos Poderes Políticos, ou sobre quem o deve fazer.....?

 

NEF: Excelente questão. E como é fundamental que existam excelentes questionadores. E se assim é não me parece problemático ou questionável de que o devido escrutínio dos diversos Poderes deva ser feito pela Polis, pela Sociedade no seu Geral, pois que os frutos e dividendos desse escrutínio a ela pertencem, não é assim caro dialogante....?

 

H: Sem dúvida. Mas que critérios devemos seguir que nos orientem nesse escrutínio. Pois que me parece algo vago apenas afirmar e decretar que a Sociedade e as instituições meramente o devem fazer, não é assim caro Nuno.....?

 

NEF: .... hum [suspiro].... pois, claro que concordo que devem existir os apropriados critérios para o escrutínio dos diversos Poderes Políticos. Idoneidade, seriedade e profissionalismo á prova da mais insidiosa Corrupção devem certamente fazer parte do Menu de critérios. E depois deve também existir uma forma forte e muito credível de assegurar que os critérios e as diligências necessárias são rigorosamente seguidas e implementadas....

 

H: Muito bem, até já Nuno....

 

NEF: ... até já....

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:50


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D