Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




No Portugal Contemporâneo debate-se Natalidade

por Nuno Edgar Fernandes, em 17.04.15

Interessante e apropriado este artigo no Diário Económico que se debruça sobre o tema da Natalidade. O autor critica as soluções que têm sido propostas, e propõe foco em melhores políticas de imigração, com as quais concordo. Acrescentaria que se olhasse de forma séria para o perfil da participação das mulheres no mercado de trabalho. Se por um lado se compreende que este aumento muito acentuado se justifique em economias cada vez mais dependentes dos sectores dos serviços - e se deseje que assim seja -, talvez por isso mesmo a mudança estrutural das economias poderá dar uma ajuda se se pensar mais em realocar recursos para outros sectores e incentivar um outro perfil de participação da Mulher no mercado de trabalho. Efectivamente sou de opinião que esta mudança estrutural na Economia portuguesa se acentuou muito depois do 25 de Abril de 1974.

 

Parto normal após cesárea: verdade ou mito

 

 

Por outro lado, e como é referido no artigo, existem provavelmente questões comportamentais e culturais, que o autor indica ao comparar os índices de Natalidade dos Países do Sul da Europa e do Norte do mesmo Continente como factores adicionais que se terá que ter em conta. Noto o pessimismo quanto à mudança destes factores, mas para mim surpreende-me um pouco quando efectivamente o que esteve, ou pareceu estar em causa aquando da Revolução de Abril de 1974 era precisamente um apelo ao desenvolvimento e à mudança cultural dos Portugueses em geral, e das mulheres em particular... de tal forma que dessa forma pudessem ter outro tipo de acesso a mais direitos sociais e institucionais. Nos referidos Países do Norte da Europa com uma melhor tradição de reivindicação de direitos de Cidadania e com Sociedades Civis mais fortes, constata-se que os índices de Natalidade estabilizaram para depois crescerem nos últimos anos com algum significado. Mas talvez aqui esteja parte do início e do fim da solução, ou ajuda decisiva para a resolução deste tipo de problema. Porque é um problema ligado às estruturas sócio-económicas de toda uma Sociedade e não me parece que apenas as melhores políticas de imigração sejam suficientes.

Se os parágrafos anteriores de alguma forma possam ser considerados confusos ou não devidamente sustentados com referências e estudos importantes neste assunto, sublinho que se trata apenas de opinião pessoal, aberta a contraditório, correcção e melhoria se assim se verificar a necessidade das mesmas.

 

Foto: Parto normal após cesárea: verdade ou mito

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:36



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D